Vitorino : Canção para a minha filha Isabel adormecer quando tiver medo do escuro

Música: Vitorino
Letra: Lobo Antunes
In: "Eu que me comovo por tudo e por nada",1992
jj
Nem sombra nem luz
nem sopro de estrela
nem corpinhos nus
de anjos à janela
nem asas de pombos
nem algas no fundo
nem olhos redondos
espantados do mundo
nem vozes na ilha
nem chuva lá fora
dorme minha filha
que eu não vou embora