Luís Represas : Aqui não me parece

Letra e música: Luís Represas
(Galamares, Dezembro 1999)
Aqui não me parece que haja faltas
Ou ausência de carinhos entre os dois
Aqui não me parece que o vazio
Descubra uma janela para entrar

Aqui não me parece que as parecenças
Pareçam mais reais do que a verdade
Aqui não me parece que as diferenças
Não sejam coincidências de igualdades

Aqui não me parece que as manias
Sejam donas dos nossos desafios
Aqui não me parece que os bons dias
Nos acordem mais ou menos frios

Só me parece bem
Tudo o que em nós existe
E nos vem à memória

Só me parece bem
O que no fundo viste
E não passou à história

Aqui não me parece que uma carta
Tenha a força que já teve outrora
Aqui não me parece que os recados
Não venham a não ser pela boca fora

Aqui não me parece que haja medos
Nem falta de palavras ou expressões
Aqui não me parece que se esqueçam
Os códigos dos nossos corações