Resineiro engraçado

Letra e música: popular: Beira-Alta

A D A
Resineiro engraçado, engra çado no fa lar,
D A
Resineiro engraçado, engra çado no fa lar,
D E7
Ó i ó ai, eu hei-de ir à terra dele,
A
Ó i ó ai, se ele me lá quiser le var. [Bis]

Já tenho papel e tinta, caneta e mata-borrão,
Já tenho papel e tinta, caneta e mata-borrão,
Ó i ó ai, pr'a escrever ao resineiro,
Ó i ó ai, que trago no coração.

Resineiro é casado, é casado e tem mulher,
Resineiro é casado, é casado e tem mulher,
Ó i ó ai, vou escrever ao resineiro,
Ó i ó ai, quantas vezes eu quiser.

Fernando Faria (Mortágua; recolha de Zeca Afonso)


chord A chord E7 chord D

A primeira mulher do Zeca Afonso, com que casou em Coimbra, era de Mortágua.

Acorde de viola: Alternativamente C/F/G7, G/C/D7