Dedicatória

Música: Manuel Freire
Letra: Fernando Manuel Bernardes
Intérprete: Manuel Freire


Se poeta sou
sei a quem o devo [bis]
ao povo a quem dou
os versos que escrevo [3]

Da sua vida rude
colhi a poesia
tentei quanto pude
dar-lhe a melodia

É essa harmonia
entre a forma e o fundo
que eu desejaria
ver florir do mundo

jj