Frei Fado d'El Rei : Memórias de um trovador

Música: José Flávio Martins
Letra: José Flávio Martins
In: "Danças no tempo", 1995
José Ferreira Alves
Por um reinado homens lutavam
Por uma honra homens sonhavam
Diz-me meu rei qual o caminho
Que eu seguirei forte e sozinho

Sou trovador
Sirvo o meu rei
Faço canções e nunca amei
Subo a calçada
Não ligo a nada
Mas vou cantando na doce chegada

Versos de um dia poemas de outrora
Minha melodia acabou-se agora
Para outro reino eu vou chegando
Sempre cantando mui nobre senhor

Sou trovador
Sirvo o meu rei
Faço canções e nunca amei
Subo a calçada
Não ligo a nada
Mas vou cantando na doce chegada