À deriva Porto Rico

Letra e música: Fausto
In: "Crónicas da Terra Ardente";
A B7 Bm7 E7 A
Intro:

A B7
Naquele lugar servem-nos tabaco em lugar de vinho
Bm7 E7 A
em Porto Rico ch eira a erva santa de S anto Domingo
B7
tão doce e sentida, chupada e contida no p eito tão só
Bm7 E7 A
s orvem como sumos pe las bocas em fumos pelos nar izes em pó
A7 B7
por baixo das linhas quentes tropicais são ma is cristalinas
Bm7 E7 F#m B7 A F#m A F#m A B7
m úsica de búzios, d os atabalinhos, de campa ínhas e buz inas, transmarinas

C#m D#m7/5- B7 C#m C#m7
Escarabulha, salta, pula, p incha, fazem mu itas mil doid ices, qu em o disse?
D#7 G#m F#m
De tal maneira a marinh ar p'ra não se deitarem ao m ar
B7 E B7 E F#m B7
Uns at avam-nos uns aos outros, pelas gambias, pelos c otos
C#m D#m7/5- B7 C#m C#m7
Esvoaça, avoa, abeija a a la pelas v entas extas ia, qu em diria?
D#7 G#m F#m
Imitam aves o que é r aro e eu até sofro do f aro
B7 E B7 E
Um vai t onto e outro t olo pois tanta côdea é pró mi olo
F#m B7 C#m B7 Bm7 E7 Bm7 E7

A chusma de gulosos dedilha folhas secas, viciosos canudinhos
em extase escondidos de tudo areou perdeu o tino dos caminhos
e andamos ao pairo sem norte nem sol no desvairo das folias
se o piloto trás dois nortes pelo seu sol outro em sua fantasia
e as ilhas deste mundo sem bóias que as prenda lá no fundo deste mar
andam sobre as águas bailam pelas fráguas como bóias a bailar a boiar

Escarabulha, salta, pula, pincha, fazem muitas mil doidices, quem o disse?
De tal maneira a marinhar p'ra não se deitarem ao mar
Uns atavam-nos uns aos outros, pelas gambias, pelos cotos
Esvoaça, avoa, abeija a ala pelas ventas extasia, quem diria?
Imitam aves o que é raro e eu até sofro do faro
Um vai tonto e outro tolo pois tanta côdea é pró miolo

viola: Darmano


chord C#m chord A chord E7 chord E chord F#m chord D#m7/5- chord A7 chord D#7 chord G#m chord C#m7 chord Bm7 chord B7