Adriano Correia de Oliveira : Capa negra, rosa negra

Música: António Portugal; Adriano Correia de Oliveira
Letra: Manuel Alegre
(fado de Coimbra)
Fernando Carvalho
Capa negra, rosa negra
Rosa negra sem roseira
Abre-te bem nos meus ombros
Como o vento numa bandeira.

Abre-te bem nos meus ombros
Vira costas à saudade
Capa negra, rosa negra
Bandeira de liberdade.

Eu sou livre como as aves
E passo a vida a cantar
Coração que nasceu livre
Não se pode acorrentar.