Chapéu preto

Letra e música: Arlindo Duarte Carvalho

Am E7 Am
A azeitona já está preta, a azeitona já está preta,
E7 Am
Já se pode armar aos tordos, já se pode armar aos tordos.
E7 Am
Diz-me lá, ó cara linda, diz-me lá, ó cara linda,
E7 Am
Como vais de amores novos, como vais de amores novos.

[Refrão=]
Am
É mentira, é mentira,
E7
É mentira sim, senhor!
Eu nunca pedi um beijo,
Am
Quem mo deu foi meu amor! [Bis]

Ó que lindo chapéu preto
Naquela cabeça vai.
Ó que lindo rapazinho,
Para genro do meu pai.

[Refrão]

Quem me dera ser colete,
Quem me dera ser botão.
Para andar agarradinha,
Juntinha ao teu coração.

[Refrão]

Fernando Faria


chord E7 chord Am